top of page

Após polêmica, Projeto de Lei que institui o Dia da Esposa de Pastor é retirado pela proponente vereadora Maria do Socorro

Após intensa polêmica, a vereadora Maria do Socorro Paiva de Souza protocolou hoje um ofício solicitando a retirada do Projeto de Lei n° 42/2024, que propunha a instituição do Dia da Esposa de Pastor no município da Estância Turística de Araras.


A proposta, que visava celebrar anualmente no primeiro domingo de março, enfrentou críticas e debates acalorados desde sua apresentação. Diante da controvérsia e considerando o contexto, a proponente optou por retirar o projeto.



Crédito: Câmara de Araras

Comments


bottom of page