top of page

Vacina contra Covid-19 passa a fazer parte do calendário vacinal

O Ministério da Saúde incorporou a vacina contra Covid-19 no calendário vacinal de crianças de seis meses a menores de cinco anos a partir de 2024. Em Araras, os imunizantes estarão disponíveis em todas as salas de vacina e a população nesta idade é de aproximadamente 7.199 crianças.


Crédito: Prefeitura de Araras

Segundo o Plano Nacional de Imunização, serão administradas três doses da Pfizer seguindo o esquema:


Crianças a partir dos seis meses:

1ª dose aos seis meses;

2ª dose aos sete meses (intervalo de quatro semanas);

3ª dose aos nove meses (intervalo de oito semanas).

 

Demais idades que não iniciaram o esquema vacinal:


Mesmo cronograma, com intervalo de quatro semanas entre a 1ª e 2ª doses e oito semanas da 2ª para 3ª.

 

As crianças que não forem vacinadas ou que estiverem com o esquema vacinal incompleto, serão consideradas faltosas. “Os pais não terão o atestado vacinal o que implica, por exemplo, no cancelamento da participação em programas sociais”, explica a diretora em Vigilância em Saúde, Margareth Pagotti.


A obrigatoriedade consta no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que determina a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias. “O município está seguindo a nota técnica do Ministério da Saúde que começou a vigorar no último dia 1º de janeiro”, afirma Pagotti.


Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3543-1522 (Secretaria da Saúde).


TEXTO E FOTO: PREFEITURA DE ARARAS

Comentários


bottom of page