top of page

Vereadores cobram esclarecimentos sobre convênio que prevê repasse da UPA para a Mandic

Durante o uso da Palavra Livre, na 1ª Sessão Ordinária, alguns vereadores questionaram a situação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Elisa Sbrissa Franchozza. A solicitação é para que seja realizada uma audiência pública, com a participação de gestores municipais, para prestar esclarecimentos sobre a parceria entre a UPA e Faculdade São Leopoldo Mandic.


Crédito: Prefeitura de Araras

A vereadora e presidente da Casa, Mirian Vanessa Pires (PSD), declarou preocupação com o monopólio da Saúde no município de Araras e disse que a crítica é em relação à falta de diálogo.


“Se vai ser bom, me explica por que vai ser bom. A gente está aqui representando uma população. Se vai ser ruim, tudo bem; a gente quer ver o lado contrário também. Mas a impressão que eu tenho é que deixam sucatear, assim como, por exemplo, o TCA, não está sendo diferente da saúde. Só que a gente esquece que ali é vida.”, declarou Mirian Vanessa.


Rodrigo Soares dos Santos (PSDB), vereador e vice-presidente, expôs seu questionamento durante a sessão. “Nós vamos fazer audiência, mas o consórcio, o convênio já está assinado. Só mandaram aqui para esta Casa, e nós vereadores recebemos pela presidente, um informativo. [...] Passou para a Mandic o convênio e aí eu pergunto para os senhores: A população é favorável? A população está satisfeita?”


A vereadora Maria do Socorro Paiva de Souza (União Brasil) também comentou sobre a questão da UPA. “Daqui a pouco eles vão fazer um convênio com a Unimed, Pró-saúde, vão dominar a cidade e aí Araras não vai ter saúde que não seja apenas limitada. É bom Araras começar a pensar sobre isso e não vender a nossa saúde para ninguém. Com saúde ninguém brinca, com saúde ninguém mexe”.


A vereadora Elaine Brambilla (PSD) comentou sobre a saúde no município de Araras, assim como sobre a Santa Casa e deficiências da área. “O meu medo é que nós percamos de vez uma saúde pública de qualidade, que é o que o ararense sempre teve e que merece continuar tendo”, disse.


Crédito: Câmara Municipal de Araras

Kommentarer


bottom of page