top of page

Araras segue em alerta para os riscos da Febre Maculosa

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Saúde, mantém a atenção aos riscos da Febre Maculosa, doença infecciosa transmitida pelo carrapato-estrela (Amblyomma cajennense), também conhecido como carrapato de cavalo ou rodoleiro, que vem causando preocupação em diversos municípios do Brasil. Não há casos da doença em Araras.


De acordo com o Ministério da Saúde, os locais mais propícios para infecção são áreas de mata, por isso a Pasta recomenda que tais lugares sejam evitados. Caso não seja possível, é recomendada a utilização de botas, calças e blusas com manga longa branca para facilitar a identificação do carrapato.


Se identificado, ele precisa ser retirado por completo com uma pinça e a roupa colocada em água fervente para matar as bactérias Rickettsia rickettsii ou Rickettsia parker, responsáveis pela doença.


Os sintomas tendem a aparecer entre dois e 14 dias após a infecção. No caso de febre após frequentar locais com acúmulo de folhas secas, mato, gramado, pasto ou beira de lagoas, córregos e rios, é recomendado ir a um posto de saúde. Outros sintomas são dor de cabeça, náuseas e vômitos, diarreia, dor abdominal, muscular e inchaço e/ou vermelhidão nas palmas da mão e na sola dos pés.


É importante ressaltar que animais silvestres não transmitem a doença, portanto cavalos e capivaras não devem ser incomodados. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3543-1522 (Secretaria Municipal da Saúde).


Texto: Reprodução Prefeitura de Araras


Comentarii


bottom of page