top of page

Sindsepa critica gestão e crise instaurada no TCA

O Sindsepa (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araras) publicou um artigo esta semana alertando que pode estar chegando ao fim a autarquia que foi criada em 01 de outubro de 1984, que tem como MISSÃO: “Fornecer transporte público de qualidade a população ararense, dando ênfase a pontualidade, segurança, modernidade, conforto e dignidade de todos os passageiros” parece ter perdido a mão da administração dos gestores municipais.


Para o Sindicato a "situação é tão caótica que escancara a gestão incompetente por trás dela, o que vem trazendo vários problemas para a população ararense. Como se não bastasse os problemas da falta de ônibus, os que estão rodando não tem condições de segurança, nem para os passageiros e nem para os motoristas e cobradores, situação essa que já denunciamos há tempos".


No artigo afirmou que "se não bastasse, agora os veículos que fazem o transporte das crianças para as escolas, chegaram no limite máximo de precarização. Uma fiscalização da Policia Rodoviária na manhã de hoje (10/05), aplicou várias multas nos veículos pelas más condições".


"Os motoristas que estavam conduzindo os veículos - a mando da chefia, pois se recusarem a sair com os veículos em péssimas condições, são ameaçados e muitas vezes a TCA tenta aplicar punições por insubordinação, tiveram que apresentar suas carteiras de habilitação.

Todas as multas foram aplicadas por más condições de conservação, por problemas relacionados aos ônibus e não por má direção ou irregularidades com a documentação ou relacionados a boas práticas de condução de veículo".


O Sindica questionou ainda sobre como ficarão as pontuações aplicadas as CNHs dos trabalhadores.


Para o Sindsepa a "direção da empresa deve ser responsabilizada e quem ordenou e permitiu que os veículos precários fizessem o transporte das crianças de Araras devem ser responsabilizados e a pontuações colocadas em suas carteiras de habilitação".


"Não podemos permitir que os motoristas sofram penalidades por erro e descaso da administração da TCA, os gestores da empresa devem ser responsabilizados e punidos pela má gerência e conservação dos veículos".


O Sindicato acredita que há tempos o "Governo vem precarizando a TCA para poder terceirizar, o que só traz prejuízos aos trabalhadores e principalmente à nossa população. Podemos ver a sucata que estão virando os ônibus, sendo “descartados” para dar lugar a ônibus de empresa terceirizada!"


E terminou o artigo com as seguintes ponderações "TCA precisa de uma gestão eficiente e não ser terceirizada! Ou seria esse o motivo da precarização?"


Na noite de hoje os responsáveis pela autarquia não foram encontrados para comentar o assunto.


Com informações do Sindsepa

Comments


bottom of page